Trabalho colaborativo

O projecto Butterfly é um visualizador da Autodesk, que permite ao utilizadores do AutoCAD editar e colaborar desenhos do no formato nativo do AutoCAD através de um navegador de internet. Com esta aplicação o projecto Butterfly, utilizadores do AutoCAD podem partilhar e trabalhar com colegas, funcionários e clientes ficheiros nativos do Auto CAD, a partir de qualquer computador com ligação à Internet, sem se ser necessário ter o AutoCAD instalado nessa máquina.
A necessidade de compartilhar desenhos com outras pessoas permite uma maior fluidez no trabalho colaborativo, podendo editar se os desenhos no formato DWG, em tempo real como uma simples reunião, apenas usando um navegador de internet.
Podendo ser utilizado por qualquer pessoa, apenas com o registo usual, como poderá ver na página Web do projecto Butterfly.
Existe também um outro serviço que a Autodesk disponibiliza que é denominado por projecto Twich, esta tecnologia permite o utilizador, a partir de um navegador de Web utilizar o AutoCAD, Inventor, outros também, como pode-se ver no filme abaixo. Mas este tipo de serviço apenas está disponível na América do Norte.
A computação em nuvem refere ao acesso a servidores e memória, interligados através da internet, para aumentar as capacidades de cálculo da computação que fornece uma dinâmica altamente escalável no armazenamento de dados.
O projecto Neon da Autodesk é um serviço actualmente em desenvolvimento, que retrata este tipo tecnologia de processamento que permitirá aos clientes fazer o upload de vários trabalhos para servidores remotos que realizam as operações de processamentos para que não seja necessário comprar grandes máquinas. Podendo apenas no caso deste projecto ser se utilizado ficheiros 3D de AutoCAD. Estes dados são utilizados são criptografados nos servidores da Amzom. O processo de ter este tipo de tecnologia totalmente homomórfica pode ser viável dentro de cinco anos.
Esta fluidez na colaboração de trabalhos ou produtos usando estes sistemas, irá requerer mudanças no núcleo de negócios das empresas de Desenho (design), ou departamentos, gabinetes individuais. Sendo por vezes estes produtos desenvolvidos nas empresas de uma forma dinâmica. Mas este tipo de aplicações colaborativas visam a inovar e integrar os processos de desenho numa base virtual, permitindo assim determinar os custos de vida do produto durante a sua concepção, e reduzir os ciclos de desenvolvimento, sendo que os feedbacks são quase em tempo real e interactivos.
Como os processos de desenho são dependente do conteúdo das empresas, têm seus próprios processos de manufactura. Normalmente as empresas aguardam por ideias ou conceitos sobre o desenho do produto para o desenvolverem, como se designa na figura a) abaixo.
a
A dificuldade neste tipo de sistema aumente devido à falta de flexibilidade, na colaboração dos processos no desenho do produto, entre a empresa A e B, ou departamento A e B.
Por exemplo, como mostrado na figura b), uma empresa pode dividir o processo A3 em, C3 e C4, e a empresa B pode fundir os processos B1 e B2 a C2 para uma maior flexibilidade no desenvolvimento do produto. A transformação pode ser realizada apenas através do mapeamento existente nos processos para o processo de modelação predefinida parametricamente, ou através de macros.
b
Além disso, quando a transformação é feita por e ou para os gestores de processo usando o processo de referência de modelos indicado na figura acima, as empresas podem adaptar-se rapidamente ao ambiente em mutação dinâmica e assim, reduzir o tempo de ciclo de desenvolvimento do produto.
Para o desenho de modelos de referência em cadeia, a estrutura proposta é composta de três modelos de referência que requerem capturar os diferentes pontos de vista da colaboração da cadeia de desenho ou desenvolvimento do produto, mostrado na abaixo. 
mo
A modelação CAD de referência do processo do desenvolvimento do desenho CAD capta os processos das empresas, para a colaboração de desenvolvimento de produtos em desenvolvimento. O serviço de componente do modelo de referência, capta componentes de serviços de execução do projecto processos. A tecnologia é o modelo-padrão de referência de captura de tecnologias e padrões de apoio ao serviço componentes. Cada um dos modelos de referência tem vários níveis estrutura e que são independentes uns dos outros.
A colaboração efectiva de desenvolvimento de produtos requer a capacidade para compreender os impactos assim como os processos críticos de negócio de pessoas na organização. O Projecto modelo de referência do processo captura processos comuns de design em empresas para o conjunto de produtos desenvolvimento.
O serviço modelo de referência do produto descreve as actividades de serviços de execução do projecto de processos modelação CAD de referência do processo. Para se ter a vantagem na reutilização, dos componentes de serviço de referência do produto, são independentes da concepção de processos de modelação CAD de referência do processo. O serviço modelo de referência do produto consiste em quatro domínios de serviço: definição, avaliação, apoio e interpolação. As actividades e serviços são de lógica blocos de construção que estão reunidos para implementar o projecto até a modelação CAD de referência do processo.
A tecnologia e o modelo parametrizado de referência descreve as tecnologias e padrões de normas de apoio há componentes de serviço, e é composto por seis tecnologias de áreas: actividades de desenho técnico, formato de dados, comunicação, segurança, plataformas e integração dos modelos CAD.
Os obstáculos para a colaboração dos seguimentos das características dos processos que resultam do desenho técnico têm as suas limitações nas metodologias tradicionais de modelação e na concepção de processos de desenvolvimento do produto. Para resolver o problema da colaboração nos sistemas de CAD é lembrado estes pequenos exemplos de boa prática.
Num projecto estruturado de colaboração em cadeia fornece modelos de referência que captam as diferentes visões de colaboração no seguimento do desenho técnico. Os modelos de referência são utilizados para construção de modelos de desenho.
Como o projecto estruturado de colaboração em cadeia adapta a gestão de sistemas de CAD, os processos em cadeia de desenhos técnicos podem ser prolongados, quando é necessário. Usando o proposto, os gestores de projectos podem integrar seus processos de design da fase conceitual das aplicações da fase de desenvolvimento e também pode vir a servir como uma base de dados virtual para melhorar os processos de desenvolvimento do produto em colaboração continuamente, a fim de habilitar uma inovação.
Enviar um comentário