Micro braço


Investigadores chineses construíram um braço robótico simples e extremamente forte, sem o uso de motores e sem qualquer tipo de controlo electrónico.
Como dispensa inteiramente as ligações físicas e eléctricas, este braço robótico representa uma prova de um conceito extremamente prometedor no desenvolvimento de manipuladores bio-compatíveis ou para a recolha de amostras ambientais.
Tendo sido construído com um músculo artificial e o funcionamento deste braço é inteiramente controlado através da com luz visível (a luz que lhe é incidida sobre o braço).
O músculo artificial CLCP do braço robótico é formado inteiramente por uma fita composta por duas camadas de plástico. O primeiro é o bem conhecido e inerte polietileno. Mas o segredo está no segundo polímero, um tipo de músculo artificial chamado polímero de cristal líquido reticulado, ou CLCP (Cross-linked Liquid Crystalline Polymer).
Quando é iluminado com luz azul, o CLCP se contrai, forçando a camada de polietileno ao qual está grudado, o que faz com que toda a fita se dobre. Assim que a luz é desligada, o comportamento do músculo artificial é revertido e o braço volta à posição original.
A equipa do Dr. Yanlei Yu, do Departamento de Ciências dos Materiais da Universidade Fudan, uniu estruturas adequadamente dimensionadas para formar um ombro, um cotovelo e uma mão, formando um braço robótico totalmente funcional.
A operação do mecanismo pode ser totalmente controlável, bastando iluminar selectivamente as diversas porções feitas com fitas independentes de músculo artificial.
Os investigadores relatam no artigo que seu micro robô é capaz de levantar objectos pesando 10 vezes a massa combinada de todos os seus componentes.
A força por unidade de área que ele gera alcança 300 kPa, para se ter relação, os músculos do corpo humano produzem 320 kPa.
Os pesquisadores apontam que, ao converter a luz directamente em movimento mecânico, seu micro robô poderá ser usado em micro manufactura, manipulando pequenas peças em linhas de produção, simplificando-as e reduzindo o consumo de energia.
Podendo ver os filmes (Movie 2) que estão alojados na página do respectivo do departamento em causa.
Enviar um comentário