Visualizador 3D em telemóveis

Há pouco tempo o telemóvel SonyEricsson w595, como se vê IMAGEM01 que possuía deixou de funcionar uma das teclas do cursor (botão do lado esquerdo), passado umas semanas o botão de desligar deixou de funcionar o caso começou e ficar complicado pelo fui ver o talão de compra e já tinha passado mais do que dois anos, o que significa que já tinha passado da garantia. Agora o que fazer ao telemóvel antigo, desmontar e tentar fazer um brinquedo qualquer, mas ainda sem ideias por enquanto (sempre disponível).
IMAGE01IMAGEM01
Comecei logo a ver as melhores soluções para um novo telemóvel, eis que o botão central do telemóvel deixa de funcionar, assim como o botão do lado direito do cursor.
Após visto o preços e funcionalidades decidi pelo ZTE Blade, pelo que já consegue suportar o autoCAD WS e o App Inventor Publisher, para visualizar animações para todo o tipo de montagens 3D realizadas através de aplicações de sistemas de CAD, assim não tendo a necessidade de manuais de montagens em papel ou com vistas que podem ser confusas para determinadas pessoas, obtendo assim a confiança do utilizador do produto que esteja a visualizar esses produtos. Podendo no vídeo abaixo ver a animação da máquina desenhada em 3D que se encontra na seguinte hiperligação: http://youtu.be/dq3lggNP_ig
Após esta situação o portátil começou a dar vários erros de “Blue Screen of Death” em cada meia hora, e a desligar-se, como se vêem nas imagens abaixo alguns dos erros que foram aparecendo como vê abaixo na IMAGEM02. Não vendo uma solução lógica nesse instante para resolver o problema, resolvi formatar o portátil, ao invés de gastar dinheiro no arranjo do mesmo, ou tempo em fóruns de suporte a computadores. O tempo foi claro gasto em fazer actualizações instalar drivers e outro tipo de aplicações que fazem parte do dia-a-dia de um cromo como eu, assim como personalizar todo o ambiente ao gosto pessoal.
IMAGEM02
IMAGEM02
Após todas as configurações feitas no portátil, comecei a transferir determinados dados para o telemóvel, eis que deparei que a aplicação do smartphone para transferir os dados funciona com algumas limitações, resolvi então voltar a utilizar a aplicação MyPhoneExplorer, que usava com o telemóvel anterior.



Enviar um comentário