Exportações do sector Metalúrgico e Metalomecânico cresceram

Os estudos efetuados pela AIMMAP sobre o comércio internacional no sector metalúrgico e metalomecânico relativamente aos meses de junho e julho de 2014 vieram evidenciar, uma vez mais, a trajetória fortemente ascendente das vendas ao exterior por parte das empresas desta indústria.
Em cada um dos dois meses em análise nos referidos estudos, a exemplo do que vinha a suceder nos 4 meses imediatamente anteriores, os números das exportações do sector cresceram invariavelmente face aos períodos homólogos no ano anterior. A novidade é que, nestes dois casos, as taxas de crescimento foram ainda mais significativas, sempre na ordem dos dois dígitos.
laser
No que concerne ao mês de junho, o valor das exportações do sector ascendeu a 1233 milhões de euros, o que o transformou, então, no segundo mais elevado valor de sempre em tal âmbito.
O referido valor representou um extraordinário crescimento de 14,8% face aos números registados no mesmo mês do ano anterior.
Já no que se refere ao mês de julho, os dados resultantes do estudo respetivo são ainda mais entusiasmantes. Com efeito, o sector metalúrgico e metalomecânico exportou no mês em causa o montante de 1306 milhões de euros. Esse extraordinário número converteu-se no melhor valor de sempre, ultrapassando as cifras recordes atingidas em maio e junho anteriores e tendo transformado esse mês no primeiro de sempre em que foi ultrapassado o limiar dos 1300 milhões de euros.
Regista-se ainda que o valor em causa representou um crescimento de 5,9% relativamente ao mês anterior e, mais importante ainda, um aumento de 10,5% face ao mês homólogo do ano anterior.
Tal como tem vindo a suceder ao longo dos sucessivos meses do presente ano de 2014, a excelente performance exportadora do sector decorreu agora uma vez mais, na sua maioria, das vendas aos restantes países da União Europeia, com especial destaque para Espanha, Alemanha, França e Reino Unido.
Sublinha-se, aliás, a esse propósito que o peso percentual das vendas para os restantes países da União Europeia, no caso específico do mês de julho de 2014, ascendeu a 72% das vendas totais do sector.
As vendas acumuladas nos 7 primeiros meses do ano totalizam já um total de 8211 milhões de euros, o qual não tem paralelo nos registos verificados em qualquer ano anterior.
Nesse período de 7 meses o aumento das exportações do sector face ao período homólogo de 2013 atingiu os 6,2%.
E mesmo no caso de se excluir a referência ao extraordinário mês de julho, verifica-se que o valor acumulado das exportações no primeiro semestre de 2014 ascendeu a 6905 milhões de euros. Um número dessa grandeza em apenas metade do ano civil projeta claramente um resultado notável para todo o ano de 2014, fazendo consolidar a convicção de que as exportações do sector serão no presente ano as melhores de sempre.
robo
Enviar um comentário